Você está na Tag

mundo max

Review: GGX-1HH Giannini

A GGX-1HH faz parte da linha de entrada da Giannini. Significa que ela é destinada ao público que está começando a aprender a tocar guitarra agora. Ela possui um excelente custo x benefício, com uma excelente escala e tocabilidade.

A GGX-1HH tem o corpo em Basswood, que além de ser resistente, possui um timbre que reforça os graves produzidos. Ela possui uma pintura preta fosca, coisa que você não encontra na maioria das guitarras da linha de entrada. É uma pintura muito bem feita e bonita, apesar de bem discreta. A vermelha possui uma cor metálica.

11 Review: GGX 1HH Giannini

Ela possui o braço em Maple e escala em Rosewood marcada por bolinhas com 22 trastes em Alpaca. No headstock, temos tarraxas blindadas e cromadas.

Se falarmos do Hardware e dos Controles da guitarra, a GGX-1HH apresenta um diferencial: apesar dela ter um formato de uma Stratocaster normal, ela possui dois captadores duplos(Humbuckers), visando a galera mais rockeira que procura usar mais distorção para tocar.

A Chave Seletora de Captadores tem três posições. Na primeira, ela destaca os graves, pois ela é focada apenas no braço da guitarra. Na posição central, ela deixa o grave bem presente também, porém deixa o som um pouco “estalado”. Na terceira posição, ela deixa o timbre mais brilhante e agressivo enquanto estalado, pois é focado na Ponte do violão, excelente para fazer solos.

Além das Chaves Seletoras, a GGX-1HH tem três knobs para ajudar a regular o som da guitarra. São dois knobs de Tone e um de Volume. As Ferragens são cromadas e possui a ponte no tipo padrão(Standard).

A combinação dos Humbuckers com o Corpo e os Controles da Stratocaster padrão, tornam a GGX-1HH uma ótima guitarra para começar a aprender a tocar sem se preocupar com o estilo.

Se interessou? Você encontra a GGX-1HH na Mundomax por um preço super baixo!

Confira em: bit.ly/GGX-1HH

abril 55, 2013 Instrumentos Musicais

MOUSE GAMER LIGHTING ASH E-BLUE

Olá galera gamer de plantão!! Hoje venho aqui fazer um review pra vocês de um mouse da E-Blue excelente para jogos. Estou falando do Cobra Lighting Ash.

45395 1000 012 MOUSE GAMER LIGHTING ASH E BLUE

Este mouse é perfeito para gamers, pois conta com uma resolução de 2400dpi, tornando-o super veloz e preciso. Excelente para jogadores de FPS (First Person Shooter), MOBAs (Multiplayer Online Battle Arena), RPGs (Role Playing Game), MMORPGS (Massive Multiplayer Online Role Playing Game), e outros.

Ele possui DPI ajustável, podendo ser configurado entre 600 e 2400dpi, em quatro velocidades. Possui clique macio para o jogador ter uma melhor resposta e possui também botões de navegação, com função de avançar página, ou voltar página.

Conta com conector USB 2.0, revestido em um comprido cabo têxtil, oferecendo maior confiabilidade na resposta e maior segurança aos fios internos.

O Lighting Ash possui apoio para o dedo, proporcionando ao usuário conforto ao ser usado, e garantindo uma melhor performance zelando a proteção ao usuário.

45395 1000 009 MOUSE GAMER LIGHTING ASH E BLUE

Você pode adquirir o Lighting Ash em duas cores diferentes, disponíveis no site da Mundomax!!

Confira em: http://bit.ly/LightAsh

janeiro 22, 2013 A Mundomax, Informática

MP3 Player GoGEAR SoundDot Philips

Bem vindos a mais um review do Blogmax!! Hoje falaremos do MP3 Player GoGEAR SoundDot da PHILIPS.

1 Philips GoGEAR Sounddot 640 MP3 Player GoGEAR SoundDot Philips

Ele é compacto, leve, pequeno, mas ainda assim, poderoso. Conta com 2GB de memória para você armazenar suas músicas preferidas, ou ainda arquivos tornando-o multiuso.

O SoundDot possui uma entrada P2 3,5mm para você encaixar seu fone, e conta também com o USB Direct, que permite a fácil troca de arquivos sem a necessidade de utilizar cabos. Fazendo com que o SoundDot funcione também como um pendrive para transferência de arquivos.

356.0.pos  MP3 Player GoGEAR SoundDot Philips

Dentre suas principais funções, é possível destacar os indicadores de LED e som para uma navegação simples além de contar com a função “FastCharge” que oferece carregamentos rápidos de 6 minutos para uma hora de reprodução.

Se você pensa que o SoundDot é compatível apenas com arquivos MP3 está enganado! Pois ele também reconhece arquivos de áudio em WMA e WAV, para maior diversidade de combinações de músicas ao usuário.

Conta ainda com um clip para prendê-lo em sua roupa, tornando seu uso ainda mais livre e cômodo.

Você pode encontrar o SoundDot da Philips no site da Mundomax, no seguinte link: http://goo.gl/z0vqg

janeiro 55, 2013 Eletrônicos, Produtos

A história dos Controles de Video Game (continuação)

Com a evolução dos games, desde qualidade sonora, jogabilidade, gráficos e crescente aumento de jogadores assíduos, os controles também evoluíram e têm sido os destaques dos gigantes Sony, Nintendo e Microsoft.

A pouco tempo o Nintendo Wii surpreendeu o mundo todo com o lançamento do seu controle de sensibilidade Wii remote. Inteligentemente, com o Wii remote, ao invés de criar controles diferenciados para jogar games como os de corrida, por exemplo, a Nintendo investiu em acessórios para o Wiimote, uma alternativa muito mais barata. A partir de R$ 20, hoje você encontra varas de pescar, volantes, pistolas, tacos…, e é só encaixar o wii remote, que eles funcionam perfeitamente.

 A história dos Controles de Video Game (continuação)

Com a crise, a venda de games deu uma caída em 2009, mas ainda assim, se mantém como a indústria de entretenimento que mais cresceu nos últimos 20 anos. No dia 24 de Setembro de 2009 aconteceu em Chiba no Japão o Tokyo Game Show 2009, a promessa era de fazer uma reviravolta no mundo dos games. E fez. Principalmente porque alimentou a disputa entre Sony, Nintendo e Microsoft.

Nintendo e Sony lançaram novos produtos e fizeram promessas de games e novos consoles para o ano que vem. Mas fica o destaque para a Microsoft com seu Project Natal, um sistema que combina câmera com sensores e microfone, eliminando totalmente os tradicionais controles. Segundo a empresa, grandes fabricantes de jogos já estão desenvolvendo títulos para a plataforma: entre elas a Capcom, Konami, Sega, Actvision Blizzard e Electronic Arts. No entanto, o novo Xbox têm previsão de lançamento apenas para o segundo semestre de 2010, veja o vídeo abaixo:

Na Mundomax você encontra diversos modelos de controles para playstation, wii e pc, isso claro, enquanto houver controles. Confira!

Artigo relacionado: A história dos Controles de Video Game

outubro 10, 2009 Entretenimento

A história das guitarras Fender Squier Bullet

Quem acha que as Bullet Squier foram criadas para serem cópias das Stratocaster da Fender, está enganado, pois a Stratocaster mais tradicional e popular da Squier já foi uma Telecaster.

Em 1981 muita gente reclamava da Fender, mas não era pela qualidade e sim pelo preço. Em 1981, então, a Fender criou uma nova linha de guitarras mais acessíveis, para substituir as linhas estudantes Mustangs e Musicmasters, que na época não renderam muito pela baixa qualidade destas guitarras, foi desenvolvida uma guitarra Tele com 2 singles e uma chave seletora de três posições, ela se chamava Bullet. Veja abaixo o vídeo desta excelente guitarra.

Squier Bullet Deluxe1 111x300 A história das guitarras Fender Squier Bullet

A Segunda versão das guitarras Bullet foram introduzidas em junho de 1982, esta nova versão incluía ainda dois contra baixos. As guitarras Fender Bullet, que ainda não eram Squier, mesmo se mantendo num modelo Telecaster, agora estavam com um estilo mais próximo de uma Strato, possuíam agora um duplo corte cutaway e um corpo menor que o modelo anterior. Neste a Fender apresentou cinco modelos: Bala, Bullet Deluxe (S-2), S-3, H-1 e H-2.

bullet squier 1983 108x300 A história das guitarras Fender Squier Bullet

Original Squier Bullet 1983.

Mas foi em 1983, depois da criação da fábrica da Squier Fender no Japão, que a Fender tomou a decisão de transferir a produção das Bullet para o oriente. Foi aí que ela recebeu o nome que todos conhecemos de “Squier Bullet”. Em 1983 a Bullet recebeu uma ponte trêmulo, uma chave seletora de cinco posições e passou a ser desenvolvida em outras cores como azul claro e sunburst, e em vários modelos, uma com dois captadores, outra com três, uma com escudo em metal, outras em plástico, e ainda alguns outros modelos. Veja o vídeo abaixo e curta o som de uma Bullet Squier 1983.

Esta Bullet de 1983 ganhou o nome de Original Bullet, e foi até 1996, quando lançaram a primeira Squier Bullet fabricada na China. Então a Fender, inteligentemente, resolveu padronizar a Bullet, modificou a mão, alongou o braço e finalmente esta linha de guitarra pode ser chamada de “Guitarra Stratocaster Bullet Squier by Fender”.

Mas não pense que tudo foi um mar de rosas de lá pra cá. Entre de 2005 e 2006 começaram as queixas da Bullet Squier, sobretudo a utilização de madeira na sua construção corporal. E no início de 2007 a Fender descontinuou o modelo, voltando a fabrica-las apenas no final de 2007, com o nome “Genuine Squier Bullet”, só que agora, exatamente como uma cópia fiel das Stratocaster da Fender, por exemplo, com o corpo em Basswood.

Genuine Squier Bullet 285x300 A história das guitarras Fender Squier Bullet

Na Mundomax você encontra as Genuíne Squier Bullet em várias cores e preço impressionante. Confira!

outubro 27, 2009 Instrumentos Musicais

Caixas Multimídia para o seu Computador

Para começar uma breve história: “Digamos que você comprou um computador novinho, top de linha, recursos impressionantes, instalou, ligou, e a primeira coisa que você fez foi colocar aquele CD de música, ou baixar as milhares de mp3 que você tinha no seu computador antigo, mas quando você inicializa o Windows Media Player e dá um play: vem a decepção, as caixas de som oferecem um volume baixo, os graves das suas caixinhas nem existem e claro, aquela chiadeira tradicional quando você aumenta o volume”. E isso acontece com muita gente.

Hoje a Mundomax pretende ajudá-lo a escolher uma boa caixa multimídia para o seu computador. Praticamente todos os computadores já saem da loja com os acessórios inclusos, mas estes são, muitas vezes, de baixa qualidade. Talvez você até já acostumou com o som das suas caixas multimídia, mas pode acreditar, com a troca das caixinhas, o aumento da qualidade sonora é “nítido”.

Caixas de Som com Subwoofer

Subwoofer é um tipo de alto-falante usado para reproduzir frequências baixas (sons graves e sub-graves), geralmente abaixo de 100Hz. O nome é dado devido a sua reprodução estar abaixo da reprodução dos woofers. Como nesta faixa de frequência o cone precisa movimentar muito ar, são alto-falantes de diâmetro grande e alta excursão do cone (4 a 20mm de amplitude). Eles são frequentemente encontrados em alto-falantes em si ou em conjunto com caixas acústicas, como os Home Theater. Então se você quer um grave com presença e um peso no som, não dispense o subwoofer.

Existe tanta variedade de caixas de som que o preço de mercado pode variar entre R$5,00 a R$50.000,00. É claro que seria um absurdo efetuar uma aquisição de tamanho valor. Mas quem não quer deixar seu quarto, sala ou escritório com um som de cinema? Para isso a Mundomax dá três dicas de produtos 2.1, lembrando que as referências abaixo são voltadas para quem possui um ouvido mais exigente ou procura um som de alta qualidade para o seu computador.

Caixa Multimídia 2.1 INTEGRISEsta é uma opção barata de áudio de qualidade, este acessório da Integris conta com um subwoofer e duas caixas, num total de 10W RMS, perfeito para ambientes pequenos. Ela conta ainda com um controle de volume e canal stereo.

Integris 2.1 300x220 Caixas Multimídia para o seu Computador

Caixa Multimídia 2.1 E-BLUEMas se além de um som de qualidade, você procura um visual moderno e descolado para as suas caixas de som, a E-Blue oferece estas excelentes caixas multimídias. Tudo isso com bons 15W RMS de potência, e conector USB.

Caixa de Som E Blue 300x222 Caixas Multimídia para o seu Computador

Caixa de Som Multimídia M3310 2.1 EDIFIERMas se potência é importante e o que você busca é um equipamento completo, esta caixa de som vai servir certinho par ao seu computador. Ela possui duas caixas satélites em um lindo modelo slim, controles de volume e grave frontais e um controle incluso. Destaque para o som cristalino e realista que este equipamento da Edifier oferece. E tudo em 16W RMS nas duas caixas de som e mais 12W RMS no Subwoofer.

M3310 Edifer 300x273 Caixas Multimídia para o seu Computador

Na Mundomax você encontra ainda muitos outras caixas multimídia e acessórios para o seu computador, inclusive caixas 5.1 (home theater).

outubro 59, 2009 Informática

Modelos de Violão: Qual violão devo comprar?

Folk, jumbo, clássico, nylon, com ou sem cutway, flat, mini-jumbo, silent, dreadnought, aço, ovation, acústico, grand auditórium, grand concert, semi-flat, elétrico…

Atualmente no mercado existem muitas marcas, vários tipos de madeira, desenhos, cores, timbres particulares, encordoamentos, etc. Alguns com preços bem atraentes e outros muito maiores que nosso bolso. Dando continuidade ao artigo “Como comprar seu primeiro violão”, hoje a Mundomax preparou para você uma lista explicativa com alguns dos modelos de violão mais populares. Tudo para você fazer a escolha certa na hora de comprar seu violão.

Memphis AC39 137x300 Modelos de Violão: Qual violão devo comprar?

Clássico com cordas de nylon: Este é sem dúvida o modelo de violão mais vendido do mundo, isso porque possui um custo baixo, é macio, leve e oferece um fácil aprendizado. Eles são universalmente indicados para iniciantes ou quem quer um violão para tocar em casa e na roda com os amigos. Um bom exemplo é o AC39 da Tagima, na foto ao lado.

Violão Folk: Possui o timbre encorpado, ideal para bases, ele é muito utilizado na música sertaneja, blues e principalmente nos acústicos de mpb e pop/rock. Um violão folk é normalmente elétrico e com cordas de aço, é ideal para apresentações ao vivo, seja em igrejas, bares ou palco. Na foto abaixo está CH889 da Eagle, que além de folk, ele conta com um corte cutway, que é aquele corte no lado direito do corpo, ele facilita a chegada as notas mais agudas.

CH 889 EAGLE2 300x125 Modelos de Violão: Qual violão devo comprar?

EG523SC1 138x300 Modelos de Violão: Qual violão devo comprar?

Jumbo: Os jumbos são os violões que estão em alta atualmente, principalmente com a popularização dos Takamines e o constante uso deste modelo de violão na música nacional. O jumbo é aquele violão que alguns chamam de “caixotão”. Ele possui o timbre mais brilhante do que o folk, o que proporciona solos com som mais envolvente, apesar do seu timbre menos encorpado em bases, ele é um violão versátil e com um som envolvente. Ao lado o EG523SC da Takamine.

Violão doze cordas: Com a onda de shows acústicos, ganhou mais popularidade. Possui timbre encorpado que proporciona uma base marcante. Para solo, causa um efeito de 2 violões. Ele é indicado para músicos intermediários e avançados, por ter uma tocabilidade pesada. Na foto abaixo está o CH888 da Eagle.

CH 888E12 cordas EAGLE 300x120 Modelos de Violão: Qual violão devo comprar?

Flat e semi-flat: Os Flats são aqueles violões mais finos, comumente usados em MPB, músicos eruditos e profissionais. Porém, com a chegada de violões flats mais baratos e a sua popularização, você encontra muitos músicos com violões flats nos bares, nas igrejas, em duplas sertanejas… São violões normalmente com cordas de nylon, os timbre destes violões é suave, dependendo da equalização que você faça, eles podem ser estridentes com muito brilho, possuir médios fortes ou até graves profundos . O semi-flat possui a lateral um pouco mais larga que os tradicionais flats. Abaixo está um vídeo de Benjamin Woods, endorser da GODIN, ele toca um excelente violão flat Multiac SA GODIN.

Na Mundomax você encontra uma grande variedade de violões, confira.

Leia Também: “Como comprar seu primeiro violão

Existem outros violões menos populares e mais elitizados como o Silent, Ovation, Grand autitórium e Grand Concert, abaixo a Mundomax disponibiliza uma imagem com fotos destes instrumentos. Clique na imagem para expandir.

modelos1 300x135 Modelos de Violão: Qual violão devo comprar?

outubro 49, 2009 Instrumentos Musicais

A história dos Controles de Video Game

No princípio era o Atari 2600, mas em 1985 surgiu o Nintendo Entertainment System, e foi uma revolução, a “molecada” não queria saber de outra coisa, até surgirem os SEGAS Master System e Mega Drive com Alex Kidd, Golden Axe e Tartarugas Ninjas, mas eis que a Nintendo lança Mario Bros e reproduz o sucesso dos Fliperamas, Street FighterII…

Bem, a história acima e sua continuação todos já conhecemos. Mas o que todo mundo esquece na hora de contar a história dos games é dos indispensáveis controles. Hoje a Mundomax vai dedicar este artigo a história destes controles, joypads, joysticks e afins.

Ralph Baer em 1949 foi contratado para projetar a melhor televisão do mundo, a primeira coisa que Ralph pensou foi em uma TV interativa com jogos, mas a idéia não vingou na época. Mas em 1972, Ralph Baer teve a idéia em projetar um jogo que fosse conectado a TV, surge dai, o primeiro jogo o Pong e o primeiro Controle de Videogame. Mais tarde o projeto foi vendido para Magnavox que desenvolveu o Odyssey, o primeiro Videogame de Controle conectado à TV. E aí que tudo começa:

Abaixo está o primeiro controle joypad para vídeo game, o do Magnavox Odyssey:

ODyssey 11 A história dos Controles de Video Game

Porém Primeiro Video Game fabricado no Brasil foi o Telejogo, confira o vídeo abaixo:

Logo após veio o simples vídeo game Tandy com este joystick aí:

Tandy Color1 Joystick 11 A história dos Controles de Video Game

E finalmente o nosso querido e memorável Atari 2600:

controle atari A história dos Controles de Video Game

A partir do Atari a Mundomax disponibilizou para você uma imagem da árvore genealógica dos controles, clique nela para expandir-la e veja se você reconhece algum dos controles exibidos:

 A história dos Controles de Video Game

Hoje temos os mais diversos controles, principalmente para computador, entre os mais populares então os controles para playstation. Mas o que realmente está fazendo a diferença são os controles diferenciados como volantes, guitarras, raquetes de tênis, tacos, varas de pescar e até bolas.

A Mundomax promete para logo um artigo exclusivo sobre os diferentes controles que estão chegando no mercado. Enquanto o post não chega confira os diversos modelos de controles do site da Mundomax.

Continuação des te Post.

outubro 57, 2009 Entretenimento

Bateria eletrônica: a evolução

Você que é baterista, ou está envolvido com música de alguma forma, provavelmente já ouviu ou até falou: “Bateria acústica é muito melhor que bateria eletrônica” ou ainda “Bateria eletrônica tem um som muito artificial”. Pois bem, pare um pouco, reflita no assunto, e então escute o som da TD9K da ROLAND abaixo:

Se você viu o vídeo acima, ou já mudou de ideia, ou pelo menos está pensando no assunto.

Hoje a Mundomax preparou para você um breve artigo sobre as baterias eletrônicas. E para começar, qual a melhor escolha? Eletrônica ou acústica? A resposta é depende. Depende da sua aplicação, como você vai usa-la e aonde ela vai ser tocada.

Prós e alguns contras

Como todas as artes a música também evoluiu. Cada vez mais surgem novos equipamentos e instrumentos musicais com propostas inovadoras que chamam a atenção dos profissionais do segmento. E seguindo esta evolução, a qualidade da bateria eletrônica também aumentou, e com ela a procura, principalmente por igrejas. A maioria tem optado pelo instrumento pelo mesmo motivo: além de oferecer qualidade sonora compatível a uma bateria acústica, possui outra vantagem: o volume de som emitido pode ser controlado.

 Bateria eletrônica: a evolução

A bateria eletrônica é um tipo de bateria em que as funções de tambores, pratos e outros componentes são exercidas por almofadas (pads em inglês) que captam os toques, em suas diversas intensidades e dinâmicas, e enviam para um módulo eletrônico para que esses toques sejam interpretados e transformados em sons de bateria.

Simples e funcional. Porém, há ainda uma certa resistência por parte dos bateristas, que como já falamos no início do artigo, acreditam que os timbres são artificiais. Entretanto, os módulos de bateria eletrônica estão cada vez melhores, e hoje são capazes de gerar ótimos timbres, comparáveis as melhores baterias acústicas. E mais, as baterias eletrônicas atuais reproduzem cada vez melhor a intensidade do toque, a qualidade das batidas e a expressividade do baterista.

Anteriormente as baterias eletrônicas em geral tinham um bom resultado, mas deixavam os bateristas um tanto frustrados. Elas eram desconfortáveis para tocar, não era possível usar pratos eletrônicos, e o pior, os bateristas tinham que perder muito tempo configurando sons e parâmetros de sensibilidade. Hoje, por exemplo, os modelos atuais Vdrums da ROLAND não necessitam de um extenso trabalho de edição de sons e preparos especiais para começar a tocar. Basta montar e sair tocando que o resultado já é altamente satisfatório.

Uma bateria acústica exige tratamento e isolamento acústico no local, com a eletrônica não é necessário tratar ou isolar. Ou seja, se você tem problemas com todo o estardalhaço e o som alto produzidos pelas baterias acústicas, uma bateria eletrônica resolve isto para você. Principalmente se você mora em apartamentos ou não quer incomodar os vizinhos.

Aparentemente o preço de uma bateria eletrônica é mais salgado do que o de uma bateria acústica. Aparentemente, pois a acústica torna-se mais cara porque necessita de acessórios como peles hidráulicas, cabos conectores, pratos de linha, redoma de acrílico para amenizar o impacto sonoro e microfones.

IGGOR e JUNIOR1 251x300 Bateria eletrônica: a evolução

São muitos os bateristas que já estão mudando para baterias eletrônicas. Júnior Lima e Iggor Cavalera, são bons exemplos. Júnior, filho do cantor sertanejo Xororó, toca na sua banda Soulfunk uma V-Drums TD-20 da ROLAND. Já Iggor Cavalera, fundador e ex-bateirista do Sepultura, usa a TD-12Kv.

Mas pense bem na hora escolher entre uma bateria acústica e uma eletrônica, se você pretende usa-la em um lugar com pouco espaço para montagem, onde você tem bons equipamentos de som e precisa ter um total controle do volume, compre uma bateria eletrônica. Mas se volume não é problema e espaço você tem de sobra, não pense duas vezes, compre uma bateria acústica.

Na Mundomax você encontra muitos modelos de bateria. Confira.

outubro 00, 2009 Instrumentos Musicais

A praticidade da Caixa Multiuso

Suponhamos que você vá até uma loja de instrumentos musicais ou eletrônicos e conte ao vendedor que você quer montar um som, seja para sua igreja, estúdio, bar, garagem ou festa, o vendedor com certeza lhe dará duas opções: ou você compra uma mesa de som, equalizador gráfico, potência, caixas acústicas, um rack (opcional) e muitos cabos, ou você compra uma caixa amplificada multi-uso.

É claro que a caixa multi-uso não foi criada para substituir todos estes equipamentos, até porque ainda não possui tamanha qualidade, porém, é uma alternativa prática, que cabe no seu bolso, e funciona muito bem. Hoje, por exemplo, em muitos bares, no lugar daquele monte de cabos, caixas e equipamentos, você encontra apenas uma caixa multi-uso. multiuso A praticidade da Caixa Multiuso

Além de tudo isso, as caixas multiusos são perfeitas para uso pessoal. Em sua chácara, na piscina da sua casa, nas suas palestras, para dar um ganho no som da sua televisão… enfim há uma infinidade de possibilidades de uso das caixas multiuso. Para você que é professor, por exemplo, e não quer precisar gritar na sala de aula, ou você que deseja um momento de lazer diferente com a família, as elas são perfeitas para o seu dia a dia.

As multi-uso são caixas de som amplificadas com mais de uma entrada de aúdio, normalmente em dois canais: um de baixo ganho e outro de alto ganho. A maioria destas caixas possuem ainda um equalizador de três bandas (médio, graves e agudos).

Hoje a Mundomax vai falar para você sobre as caixas NEO da HAYONIK. A marca HAYONIK é reconhecida em todo o Brasil. A Mundomax a destaca hoje porque ela tem excelência em desenvolvimento de caixas multi uso.

Caixa Amplificada Multiuso NEO HAYONIK

neo A praticidade da Caixa MultiusoA Linha de Caixas Amplificadas Neo da HAYONIK oferece o que há de melhor em caixas multi-uso. Essa série de amplificadores é composta pelos modelos: Multiuso NEO 200 (20watts RMS), NEO 400 (60 watts RMS), NEO 600 (75 watts RMS) e NEO 800 (100 w RMS)

Toda a linha conta com as tecnologias HPA (High Performance Audio) e transitores Mosfet, que atuam na performance do equipamento de modo a tornar seu som semelhante a equipamentos valvulados. Enfim, a série NEO de caixas multi-uso busca atender a todos que necessitam de ampla resposta de som e qualidade.

Um diferencial das caixas HAYONIK é o seu sistema de circuitos internos, que são desenvolvidos para evitar aquela famosa chiadeira e interferências de rádios no som o que acontece muito em outras caixas do mercado. E um fator interessante é que o seu som não distorce, mesmo quando saturado o volume.

A Mundomax destaca também o modelo NEO 600 da HAYONIK:

A Caixa Multiuso NEO 600 HAYONIK vem equipada com um alto-falante de 10″ e um tweeter, ela possui 75 watts RMS de potência. Com dois canais, ela tem três entradas P10, para você plugar seu microfone, violão, teclado… e uma entrada RCA, para você conectar seu dvd, seu mp3, rádio… Tudo isso controlado por três volumes, uma para cada canal e um master. Além de um equalizador de três bandas.

Clique aqui e assista a um vídeo demonstrativo caso não seja exibido a tela abaixo.

A Mundomax oferece também caixas multiuso de diversos outros modelos e marcas. Clique aqui e confira

agosto 18, 2009 Som Profissional
Voltar ao Topo Copyright © 2012 - Blogmax. Todos os direitos reservados. Blog criado pela Loja Mundomax.